Lançamento de "Patagônia Babilônia", de João Peçanha

18 Jun 2018

Neste sábado, 23 de junho, receberemos na Cidade das Letras o autor João Peçanha para o lançamento oficial do seu romance "Patagônia Babilônia" no Rio de Janeiro.

Debate com professores e especialistas.

Sessão de fotos e autógrafos com o autor.

  

Brevíssima biografia: Escritor, Professor e Doutor em Literatura Comparada. Membro da Liga de Escritores, Ilustradores e Autores de Juiz de Fora – LEIA JF. Dirige a Escola de Narradores e é idealizador do Coletivo de escritores Artes da Escrita.

"Patagônia Babilônia" é um romance que trata da história de Joelsson, um menor infrator que, por força de uma determinação judicial, é obrigado a prestar serviços comunitários em um asilo público, onde conhece Ernesto, um velho cego e ranzinza.

 

A amizade que daí decorrerá e o embate esperado entre centro e periferia serão os pontos de interess

 

e do romance, que, de lambuja, conta a história, ouvida da própria boca, tanto de Joelsson quanto de Ernesto. Dois personagens perdidos numa pós-modernidade suja, algum desavisado diria.

 

Joelsson e Ernesto construirão uma amizade impensada, sendo originados de mundos tão diferentes - não só temporal, mas economicamente. Se Joelsson, negro, morador da comunidade da Babilônia, menor infrator, vem de origem humilde, o velho Ernesto já teve tudo - e tudo perdeu. De qualquer forma, ambos tiveram seu memorial de perdas.

 

Depois de um assalto frustrado, Joelsson é condenado à pena alternativa de acompanhar idosos em um asilo público. Acaba conhecendo Ernesto, perdido entre as brumas de sua cegueira e do seu passado eivado de perdas e de adeuses.

 

Ernesto teve dinheiro, mulheres, uma empresa lucrativa. Quando tudo veio abaixo, a promessa feita a Ismênia, sua primeira esposa, jamais viria a se concretizar: ele jamais conheceria a Patagônia - um homem que teve tudo, agora, no fim de sua existência, enfrenta o pesadelo de não ter levado o amor de sua vida à Patagônia.

 

A amizade entre os dois é costurada entre confissões que um arranca do outro com a mesma dor com que a descrença na felicidade se instaurou neles.

 

Acesse link: http://cidadedasartes.rio.rj.gov.br/programacao/interna/867

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Posts Em Destaque
1/10
Please reload

Categorias
Arquivo
Please reload

Tags